Por favor salvem esta menina. Apelo de Viana. Angola. Filha de 5 anos de idade que acerca de 2 anos está doente com Neoplasia Vesical (um tumor maligno na zona genital). O pouco que cada um pode dar já é muito para quem precisa, não precisamos ter muito para ajudar. Se cada um de nós depositar um pouco podemos ajudar a salvar a vida dessa menina. Quem puder ajudar pode depositar na conta: 000005001760033 ou IBAN A006.0034.0000.0500.1760.0334.1 de Lidia Manuel no banco Millenium

segunda-feira, 2 de março de 2015

A perfeição é governar sem oposição





Nesta cidade é impossível viver sob o fogo cerrado da bandidagem local e internacional. A Net da TVCabo vai para um mês que piora dia após dia, uma grandessíssima merda porque logo que o saldo acaba os gajos desligam, mas quando falham não nos indemnizam. Assim vai o grande roubo nacional que permite aos milionários não se fartarem de podres de ricos. Edifícios, fábricas e fabriquetas erguem-se em qualquer lado porque o cidadão não passa de um monte de merda. O português entra no prédio, não vê o segurança, fica aterrorizado, espera-o, o segurança não demora, o português pergunta-lhe onde foi e ele diz que foi na casa de banho. O português queixa-se na empresa e o segurança vai transferido para outro local, ou despedido. Às 22.30 horas a rua está deserta, só se vêem seguranças. Aos corruptos nada lhes acontece, porque tudo e todos estão camuflados nessa nobre arte de desgraçar a vida do próximo. O chinês manda nesta merda porque desfaz o que quer e o que lhe apetece. Monta uma fabriqueta nas traseiras dos prédios, pede emprestada uma serra eléctrica ou outro qualquer artefacto e vá de atirar com limalha de madeira, de mármore, de chapa, etc, e ainda faz fogueira para cozinhar com madeira de toda a espécie. Queixar? A quem? Pois se por trás disso está um general. O banco millennium tem um gerador que quando a luz falta liga-o e mata as pessoas com rolos de fumo cadavéricos. Queixar? A quem? Pois se por trás disto estão príncipes e princesas. Os assaltos estão no auge, incríveis, os gatunos já entram nos prédios, como no prédio ao lado, ensaiaram um assalto mas foram travados a tempo. Entretanto alguns propagandistas políticos da oposição dão-nos missas diárias sem fiéis. O desaire é completo, como numa jangada atraída pela força das águas para a cachoeira de grande altitude. A jangada governativa cai e esperam-na uma multidão ruidosa de rochedos ávidos de destroços.
Politiqueiros da oposição que pregam a justiça mas são carrascos, nem ideia têm do que é isso de solidariedade, quanto mais analfabetos mais cargos de chefia estão à sua disposição. Passado tempo o desastre acontece, pois com demagogia não há salvação para a serventia.
Pretender eliminar por todos os meios, incluindo o assassinato, de críticos e opositores ao regime, isso não é solução, é loucura do só nós governamos, dos eleitos dos demónios da democracia.
Tudo podre! A TVCabo, insisto, está uma grande merda, aliás tudo está uma grande cagada. Estamos reféns dos vigaristas políticos, empresariais e do amadorismo confrangedor dos activistas políticos que denunciam tudo mas não são capazes de apresentar soluções, excepto as da consagrada demagogia que só na destruição há construção. Como essas abéculas que por aí andam que exigem um golpe de estado, sem noção absolutamente nenhuma do que dizem. Com agitadores ou agitadoras de meia tigela lentes do histerismo político que pretendem acabar com o Kaiser para o substituir por Hitler. Todos a apostarem nas chamas para colherem algumas cinzas que depois o vento as e os dispersará. Onde não há massa cinzenta, não há oposição, e assim o poder se perpetua sem renovação. A conversa da oposição é sempre a mesma, só mesmo os seus autores é que acreditam nela, e o poder ri-se, ri-se desse anedotismo. Com o exército de maus pastores este rebanho jamais saberá distinguir o caminho a seguir. No caminho da miséria e da fome já lá está, não é difícil distinguir que o pior se seguirá e ninguém o salvará. Até uma vulgar transferência de cinco mil kwanzas feita cerca das catorze horas entre bancos em Luanda, às dezanove horas ainda não tinha caído no multicaixa.