quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Estratégia para a saída da crise



O caos vai parar
Quando Angola ele arrasar
A proclamada vitória final
É a miséria, a fome total

Enriquecer pela corrupção é fácil
Trabalhar? Oh! Isso é muito difícil
A todo o custo enriquecer
E a população a sofrer

Todos os dias os preços sobem sem parar
Não há dinheiro para impostos pagar
Porra! até onde isto foi parar
Isto está impossível de aguentar

Só o trabalho corrupto faz enriquecer
E os bolsos não se fartam de encher
Oh! Como isto nos dá imenso prazer
Angola de rastos e a corrupção a crescer

A miséria está fortemente implantada
Todos os limites ultrapassou
A fome é a sua montada
Viver como bichos, ao que se chegou!

O dinheiro não chega para nada
Nem para comprar leite para a criançada
Vida de mãe é vida desesperada
A população vive resignada

No alto do seu pedestal
Vive a inglória governamental
Que tudo está bem, mas está tudo mal
Até os portugueses fogem para Portugal

As divisas nos bancos acabaram
Os cães da corrupção se soltaram
As estruturas há muito que se afundaram
Em farrapos humanos se organizaram

Onde não há justiça há corrupção
Apresentar queixa é em vão
Mas que triste situação
Para quem não tem salvação

Proteger a classe nobre
É foder a classe pobre
Vasculhar no lixo é a salvação
Do que ainda se chama população

Ó terra da desolação
Que estendes a mão
A esmolar pão
 Na estratégia da perdição