terça-feira, 19 de maio de 2015

06Mar15. República das torturas, das milícias e das demolições



Diário da cidade dos leilões de escravos

06 de Março
Para haver terroristas tem que haver alguém que lhe dê origem. E são tantos esses alguéns.
Há muitos políticos que vão para o governo porque o cérebro não funciona. Outros preferem a Igreja.
Foi há uns dias junto à Pomobel na rua Rei Katyavala, uma testemunha disse que eram para aí umas vinte horas, que um polícia do trânsito chocou com um carro estacionado, partindo uma perna. Ele vinha bêbado, e a testemunha viu alguns documentos em que dizia que ele era coronel, general, e outros postos nos vários ramos dos órgãos de defesa e segurança. Não demorou muito tempo a ser socorrido. Essa dos documentos não cheira bem, né, mas está como foi contada.
TVCabo sempre em baixo, e Luanda a desaparecer.
No dia 27 de Fevereiro no bairro da Cuca, dois gatunos foram queimados vivos. E um português saía da Pomobel com os seus sacos de compras, sem se aperceber que está silenciosamente a ser perseguido por um gatuno, neste caso já um mais velho esfomeado, que de mansinho introduz uma mão num saco e começa a retirar coisas. Mas um segurança está atento, surge rápido e afasta o gatuno.
As maravilhas da atracção turística de Angola: A maravilha imponente é a escassez de água que já se tornou num hábito, uma coisa muito normal como a corrupção. Hoje, no prédio, há muito tempo que não ouvia a célebre frase: “ estamos na bicha da água”, dos tempos pouco depois da independência de 1975. E hoje lá voltámos na bicha para conseguir água, e tal como a baixa dos preços do petróleo é de efeitos duradouros. Com os preços muito altos do petróleo os mesmos que nos governam não o sabiam fazer, e agora com os preços muito baixos é a catástrofe há muito anunciada.
E a TVCabo está sempre a cair, restam-lhe alguns pedaços das ruínas de Luanda. Esta área da TVCabo, da Mutamba e até não se sabe até onde, está assim faz mais de um mês e nota-se claramente a incapacidade da TVCabo em reparar a avaria porque NÃO TEM DINHEIRO!?
Faz uma semana que não se consegue levantar uns míseros kwanzas do banco Sol provenientes de transferência bancária, essa cantina bancária dos cantineiros bancários que rivaliza mal e porcamente com as cantinas dos senegaleses, indianos e paquistaneses. OS BANCOS ESTÃO FALIDOS!
No cenário actual Luanda parece aquelas cidades fantasmas do faroeste americano depois do fim da corrida ao ouro. Claríssimo, que a oposição desconhece estas coisas. É a oposição da catástrofe.
A escória humana domina, domina-nos. Aqui só é patriota e angolano quem for corrupto e como tal participar do grande saque dos bens públicos e da população.
De salientar que há alguns meses que os cortes de energia eléctrica são raros nesta zona.
07 de Março
Se no último relatório apresentado, a Polícia mata negros nos EUA apenas por motivos raciais, sinto que a democracia voa para bem longe do meu pensamento.
Devido às ilegalidades com o fisco, Passos Coelho é o Robespierre, o incorruptível português.
Joao Miguel Taborda. “sei que a real transfer esta a trocar 300 dólares diários mas desde quinta feira não têm dólares tenta em euros.”
08 de Março
00.30 horas. O vizinho do apartamento de cima chegou bêbado, – bebedeira, esta insigne identidade cultural – ligou a aparelhagem e ouviu-se uma música que inundou de barulho violento a noite. Ouviam-se ruídos de coisas a cair no chão. Durante uma hora o barulho continuou insuportável. De repente veio o silêncio, ouviu-se um grande estrondo final como uma explosão do bater a porta, significando que o vizinho saiu. O problema do mwangolé continua o mesmo, até agora não consegue respeitar nada nem ninguém. Não admira que os estrangeiros não gostem dos mwangolés, também com tais comportamentos anti-sociais não é de admirar, uma tristeza.
E depois de muitos anos e de muito dinheiro investido, basta um incêndio para em poucos minutos destruir tudo.
O chinês recolhe lixo porque não há nenhum angolano que o consiga fazer.
Nesta cidade para onde se olhe, apenas se vêem paisagens desoladoras, corruptas.
09 de Março
Num táxi estacionado estão duas crianças, uma com um ano e outra com cinco. O taxista vira-se para a mãe delas e diz-lhe para ir chamar uma senhora que está aí a cinquenta metros afastada. A mãe das crianças assim faz, de repente o taxista acelera e foge com as crianças, raptou-as.
10 de Março
Pela péssima música que os governantes compõem, é o caminho mais curto para mais um Estado falhado.
A mana Mónica falou para termos muito cuidado com os pinchos, porque uma amiga dela estava a comer pincho de cabrito e encontrou metade de uma língua. A mana Mónica também disse para termos muito cuidado ao apanharmos moedas do chão, porque no Caxito uma senhora apanhou uma e transformou-se em cabrito.
Sem água e sem a merda da internet da TVCabo. Mas também acabou, TVCabo, nunca mais.
11 de Março
Apagaram-nos a luz das 09.12 às 11.19 e das 14.32 às 18.04 horas.
Não há má oposição, há é péssima oposição.
A TVCabo disse que as constantes falhas no serviço de Internet se devem à chuva que afecta a sua hiperligação. Quer dizer que nos outros países quando chove eles ficam sem Net.
12 de Março
13.24 horas. Comecei a sentir-me cansado, muito cansado. Tirei a febre e o termómetro indicou 39 graus. Às 16.06, voltei a tirar a temperatura e o termómetro indicou 40 graus. Sentei-me tipo abandonado à minha sorte, já não conseguia pensar. Aqui já entrei de certo modo em pânico porque com a temperatura assim a subir poderia chegar ao limite de tolerância do corpo, e isso é fatal. Telefonei para o meu filho para comprar os comprimidos para o paludismo mais analgésicos, ele trouxe-me paracetamol basi de 500 mg para a febre que não cheguei a tomar. Durante este período até à cura parecia um zombi, o mínimo esforço que fizesse fazia-me muito cansado. Bom, às 11.01 horas do dia 13 de Março a febre estava a 38,7 graus. Às 06.36 horas do dia 14, 37,7 e às 09.36 horas do dia 14, 36,9 graus. O corpo demora a recuperar devido à anemia que o paludismo provoca. E se nos demoramos, não atacamos de imediato, a cura torna-se mais penosa, corremos o risco de ir parar aos cuidados intensivos de uma unidade hospitalar.
Das 16.40 às 17.11 a energia eléctrica foi passear.
Os super-homens do poder atearam uma fogueira que já atingiu grandes proporções e vê-se claramente que não a conseguirão apagar. É que isto está a complicar-se de tal modo que os que estão tão obcecados pelo poder já nada divisam. Estão cegos pelas palas de dinheiro que têm nos olhos
13 de Março
A Tvcabo continua a trabalhar à sorte como as empresas estatais. É dinheiro atirado para o lixo.
As chuvadas que originaram a tragédia de Benguela, quase cem mortos, e o caos no Lobito, ensinam-nos mais uma vez que os governadores da mata são a desgraça de Angola.

E a cleptocracia afecta todos os sectores da vida nacional, os estrangeiros já aderiram entusiasticamente em massa ao seu programa que consiste no seguinte lema: estrangeiro, se em Angola queres facturar, muitas oportunidades terás para roubar. Angola é mais um país entregue ao saque e à pilhagem.