segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

O terror e a hipocrisia nacional venceram



O terror já está no poder
Já domina a informação
O terror impôs a democracia
O terror está em todo o lado
Ninguém pode meditar
Porque o terror vai aprisionar
Presos políticos para as piranhas
Abocanhar, devorar
O terror domina-nos
Avista-se o caos
O terror de ser assaltado
Já está orquestrado
O terror está em todas as vertentes
As nossas vidas dele dependentes
O terror venceu
A hipocrisia nacional
Também venceu e convenceu
Aproxima-se o juízo final
Da grande fome
País de hipócritas dependente
É a morte latente
Políticos hipócritas
Semeiam a traição
Dizem que Angola é uma nação
Dos porcos que chafurdam na corrupção
O terror e a hipocrisia venceram

Está-se mesmo a ver
O que esta merda vai ser
Um exército de famintos já é
Nesta selva onde lixar o outro
É a palavra de ordem
Este governo prevê tudo
Até prevê acabar com a fome
Vejam lá
Em Angola não há crianças desfavorecidas
Porque estão pela fome favorecidas
Parlamento! Qual parlamento?!
E não havendo solidariedade
Mais um país africano que vai disputar
O campeonato do continente da fome
População esfomeada
É cidade saqueada, assaltada
Os homens maus nunca mais saem daqui
Os exércitos de famintos veneram
Os presos políticos
As zungueiras doaram-lhes dinheiro
Para o Natal
O terror e os hipócritas
Preparam mais um carnaval
Anual
O terror e os hipócritas venceram
Os exércitos de famintos e Angola
Apodreceram