sábado, 11 de outubro de 2014

Luanda. A sangrenta manifestação do dia 11 de Outubro de 2014







povo angolano venha exigir com os jovem revolucionários o bem estár dos angolanos!
não fica ai no sofá, vem a rua gritar e exigir o que é nosso por direito.
ditádura ou democracia!!! a escolha é sua!!
Não encorajo ninguem a escolher as opções, a sua consciência irá falar por si,,

Daqui a pouco, no largo da independência, o MRA vai novamente TENTAR exercer um dos direitos fundamentais de uma democracia... Graciano Domingos, o novo Governador, preveniu-os por escrito da sua incompetência para garantir a segurança por estar "há pouco tempo em funções". O que será que vem daí?
Faltam 2 horas.

ROTUNDA DA CAMAMA ja CERCADO DE FARDA AZUL.
Na tentativa da manifestacao ja anunciada e marcada para hoje sabado a equipa composto por JOSE Camilo que circula para fazer reconchecimento dos locais Reportou -nos a instantes a policia ja se faz presente com intuito de sabotar a actividade e prender quem circula com,muchilas e pastas desconfiando assim de todo povo que por la passar de manifestante,
Ja no largo primeiro de maio onde ja me encontro ta tudo mal apenas 3 carros da policia mas tem uma equipa com cerca de 200Agentes dentro da escola COMERCIAL de Luanda, uma outra equipa no zinga
aparecem manos

Central Angola adicionou 3 fotos novas.
A Polícia Nacional de Angola e os à paisana já começaram a tomar posição. Em cada banco do largo tem agentes à civil e no perímetro, como podem constatar pelas imagens, outros patrulham controlando a aproximação de eventuais manifestantes.
Central Angola adicionou 4 fotos novas

Todos os jovens que passam na vizinhança do largo estão a ser revistados como podem constatar pela imagem abaixo. Tem inúmeros agentes DENTRO do largo com cães impedindo o acesso a quem qer qeu seja

Manuel Nito Alves e o grupo que com ele seguia já foram recolhidos. aparentemente trata-se de uma missão coordenada por Armindo Cabral, que acrescenta o seguinte:
"Armindo Cabral · 48 amigos em comum
Muita força policial, tanta que até o mundo saberá desta vez como sendo violação aos direitos humanos. Estou sempre a avisar-vos, a paciência da polícia para com estes arruaceiro está a por um fio e vocês serão responsabilizados pelo sangue que poderá jorrar sobre esta cidade, hoje a título de exemplo vocês terão o prazer de acompanhar."
e ainda..
"Armindo Cabral · 48 amigos em comum
Vocês não sabem do que vos esperar, desta vez irá ficar na história apontem o que vos digo. Deixa só adiantar que não haverá a habitual torne policial que muitos apelidam como sendo turismo policial. E está denunciado a vossa táctica de ligar ao Comandante Ambrósio de lemos para pressionar em liberar os arruaceiro, esta prática falhará de hoje em diante."
Neste caso poderemos começar a temer pela vida dos jovens que acabaram de ser elvados para parte incerta.

Manuel Nito Alves, Adolfo Campos e Alex Chabalala foram os 3 que as nossas antenas no local conseguiram identificar num grupo de mais uma quantidade de ativistas que não consegue especificar.
"Dos que eu vi o nito, alex , adogo campo e outros com pancadas.lhes meteram dentro da escola. nem chegaram próximo ao largo."
Outra antena fala-nos de um outro grupo de 6 indivíduos que acaba de ser detido, nenhum deles conseguiu identificar positivamente.

" Partiram-me o braço, estou a ser muito torturado, agora estão a receber-me o telefone! Aí weeeee, aí weee! Socorro povo Angolano, estão a torturar-me" as ultimas palavras do jovem Manuel Nito Alves, activista cívico e um dos participantes detidos pelos defensores da ditadura, momentos antes de lhe receberem o telefone!
Caros compatriotas, precisamos de reagir agora!

Estivemos durante uns minutos a hesitar passar esta mensagem até conseguirmos confirmação de testemunhas OCULARES da ocorrência pois isto marca uma viragem na contenda cidadão/Polícia Nacional de Angola que se tornou hábito em cada dia de manifestação.
Falámos há escassos instante com o Suvi O-Reverendo que nos confirma ter visto o jovem Kid (27 de Maio no fb) ser baleado por agentes à paisana que, de motorizada, davam corrida aos jovens do Largo em direção ao José Pirão. Depois de cair, um carro-patrulha da Policia apareceu e recolheu o corpo (?) do cidadão levando-o para... hospital? morgue? algum outro sítio impróprio?

estamos detidos no 11 de Novembro, serca de 8 elementos, só consigo visualisar, o Adolfo Campos, Nito Alves, Santos Chilingueno e outros manos, fomos turturados no 1 de maio, levaram-nos no quintal e aí fomos turturados.......

MANIFESTANTE BALEADO PELA POLÍCIA NACIONAL (Em actualização)
“ESTAMOS DETIDOS NO (ESTÁDIO) 11 DE NOVEMBRO, CERCA DE 8 ELEMENTOS”
Jovens manifestantes testificam que a Polícia Nacional de Angola fez alguns disparos no Largo da Independência durante a repressão de uma manifestação, e consequentemente atingiu um dos jovens.
O jovem do Movimento Revolucionário é conhecido como “Kid” ou “27 de Maio”, e é residente do Município do Cacuaco.
As últimas informações indicam que estão detidos numa esquadra próximo dos estádio desportivo “11 de Novembro”.
O jovem activista Suvi O-Reverendo testemunhou o companheiro Kid a cair, após o tiroteio, e a sangrar enquanto a Polícia Nacional o arrastava para a patrulha.
O disparo foi feito por agentes à paisana, de motorizada, que perseguiam os manifestantes no Largo da Independência e arredores.
Há um número incerto de detidos nesta manifestação reprimida.
Dentre os vários detidos, foram identificados: Manuel Nito Alves, Adolfo Campos e Alex Chabalala, que segundo relatos, foram brutalmente agredidos e detidos numa das escolas nas proximidades do Largo da Independência.
Durante a detenção, Manuel Nito Álves ligou para o cidadão Victor Hugo Plineo Ngongo que transcreveu as palavras do jovem: "partiram-me o braço, estou a ser muito torturado, agora estão a receber-me o telefone! Aí weeeee, aí weee! Socorro povo Angolano, estão a torturar-me".
Um outro activista cívico, Pedro Gonga, postou no Facebook durante a sua detenção: “prenderam me, estamos a ser levados na esquadra do 11 N(ovembro?)”.
“Estamos detidos no 11 de Novembro, serca de 8 elementos, só consigo visualisar, o Adolfo Campos, Nito Alves, Santos Chilingueno e outros manos, fomos turturados no 1 de maio, levaram-nos no quintal e aí fomos turturados”, acrescentou Pedro Gonga em última hora.
O Largo da Independência está sitiado por policiais, agentes dos serviços secretos de inteligência, polícia de intervenção rápida, munidos com equipamentos excessivos, incluindo cães, e estão a reprimir violentamente a manifestação legal e pacífica.
ÚLTIMA HORA
Após uma sessão de torturas no pátio (quintal) da esquadra nas proximidades do Estádio 11 de novembro, os manifestantes foram separados para evitar comunicação.
"Estamos detidos cada um no seu quarto", informaram.
"Declarações de um dos detidos (só o identificaremos depois de estar em liberdade, para sua própria segurança):
"ESTAMOS DENTRO MESMO DO ESTÁDIO 11 DE NOVEMBRO, NÃO TEM ESQUADRA MAS COLOCARAM NOS AQUI, NA MINHA ENTRADA VI NITO ALVES, ADOLFO CAMPOS....E OUTROS MANOS QUE NÃO CONHEÇO CERCA DE 6.
AGENTE QUE MANDOU NOS TURTURAR NO 1 DEAIO, JOÃO ANTÔNIO SEBASTIÃO, HOMEM QUE NOS BATEU USOU A BRASSELA N.341
C.A QUANDO ENTREI NITO QUECHAVA SE DO BRAÇO, EU ACHO QUE É AS PANCADAS QUE ELE LEVOU...."
" - Por Central Angola

Ultimas da manifestação...
Um jovem do Cacuaco foi perseguido a tiro, foi levado não se sabe para onde, também não temos certeza se ele foi atingido...
Segundo a fonte, a policia aos tiros partiram vidros de carros!
Agora vão dizer que foram os Manifestantes? claro...

Ja todos unidos em direção ao comando provincial para exigir a soltura dos outros manifestantes detidos
Um bom numero de revus em peso depois dw ligar ao comandante irresponsavel geral da policia nacional do MPLA Ambrosio dos santos que nâo atende o telefone ,
A Luta continua

ÚLTIMA HORA
Ermelinda Freitas postou:
"A ultima informação que tive do Dr David Mendes Advogado Angola.
O Kid não foi baleado mas sim ferido com as torturas que foi submetido.
As 18 horas vamos ter certezas de tudo que aconteceu."

CASA-CE
CONVERGÊNCIA AMPLA DE SALVAÇÃO DE ANGOLA
SECRETARIADO EXECUTIVO NACIONAL
REUNIDO NO DIA 11 DE OUTUBRO DE 2014, NO MUNICÍPIO DE VIANA EM LUANDA, TOMOU CONHECIMENTO ENQUANTO RECORRIA A MESMA DA DETENÇÃO DO JOVEM ADOLFO CAMPOS E MAIS 4 (QUATRO) NÃO IDENTIFICADOS, NO LARGO DO 1º DE MAIO (IMEL)
O SECRETARIADO EXECUTIVO NACIONAL, VEM POR ESTE MEIO REPUDIAR ATITUDE DA POLÍCIA NACIONAL E QUE SE CUMPRAM OS PRESSUPOSTOS LEGAIS INSTITUÍDOS NO ESTADO ANGOLANO ENQUANTO ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO, UMA VEZ QUE ESTA ATITUDE DA POLÍCIA DE DETER OS JOVENS QUE PACIFICAMENTE SE MANIFESTAVAM E SEM ARMAS, CONFORME O ARTIGO 47 DA CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA DE ANGOLA (direito de reunião e manifestação). O SECRETARIADO DENUNCIA TAL ATITUDE QUE NÃO DIGNIFICA O PAPEL DA POLÍCIA NACIONAL ENQUANTO UM ÓRGÃO REPUBLICANO.
OUTROSSIM, QUE LIBERTEM DE IMEDIATO OS JOVENS DETIDOS E LEVADOS PARA PARTE INCERTA.
LUANDA AOS 11 DE OUTUBRO DE 2014
TODOS POR ANGOLA-UMA ANGOLA PARA TODOS